Recém-nascido pode ter dente?

Sim, há bebês que já nascem com um ou mais dentes (DENTES NATAIS), e há também casos em que o aparecimento ocorre precocemente, durante os primeiros 30 dias de vida (DENTES NEONATAIS).

Não se sabe ao certo por qual o motivo eles aparecem tão cedo, existem muitas teorias, mas nenhuma explica completamente.

Na maioria dos casos, estes dentes são os incisivos inferiores da série normal, embora se saiba que podem ocorrer também dentes extras. Geralmente são pequenos, cônicos, amarelados e/ou hipoplásicos (defeitos de esmalte), além de apresentarem alta mobilidade, pois possuem desenvolvimento limitado das raízes.

Os Pediatras por serem os primeiros profissionais que têm contato com o bebê, deveriam encaminhá-lo a um Odontopediatra, quando este optará pela permanência ou extração do(s) dente(s) após avaliar clínica e radiograficamente alguns fatores, como:

 

  • - grau de mobilidade, pois há risco de broncoaspiração ou deglutição; 
  • - se já é da dentição decídua (de leite) ou se é extra;
  • - se o dente está atrapalhando a amamentação, seja por estar machucando o peito da mãe ou o ventre (embaixo) da língua do bebê (Doença de Riga-Fede).

 

A avaliação do Odontopediatra é fundamental para o tratamento (se necessário), acompanhamento e orientação aos pais e responsáveis, que normalmente já se vêem com inúmeras dúvidas e questionamentos após a chegada de um bebê, ainda mais se este já nasce com um "dentinho"!

 

#odontopediatriabrasil
#aboodontopediatria
#clinickclinica
#dramaisacamillojordao
#gelsonboteguim